Buscar
  • FacilitaMed - Gestão de Clínicas Médicas e Administração de Consultórios

7 RAZÕES PARA MARCAR SUA CONSULTA COM UM CARDIOLOGISTA

Se você pensa que só deve procurar um médico ou agendar uma consulta quando se está doente, saiba que as consultas de rotina com especialistas são essenciais para a prevenção de doenças.


Listamos a seguir 7 motivos para marcar uma consulta e entender quando ir ao cardiologista é indicado. Veja só como garantir a saúde do coração!



1. Histórico familiar de doenças do coração

Caso tenha pais, irmãos, avós ou tios que sofreram acidente vascular cerebral (AVC), infarto ou morte súbita; ou casos de hipertensão e diabetes na família, fique atento!


2. Fatores psicossociais

Depressão, estresse e ansiedade estão entre os fatores psicossociais que influenciam no agravamento de doenças coronárias. O risco de infarto aumenta em 60% em casos de pessoas que sofrem de ansiedade e depressão.


3. Doenças preexistentes

Indivíduos que já foram diagnosticados com doenças crônicas, como hipertensão, diabetes, obesidade e colesterol alto devem consultar um cardiologista com frequência.


4. Sintomas de doenças cardiovasculares

Fique alerta e marque uma consulta com o cardiologista se observar os seguintes sintomas:


- falta de ar ou baixa tolerância para exercício físico;

- dores no peito;

- palpitações;

- desmaios frequentes.



5. Altas taxas de colesterol

O colesterol alto é uma das causas do infarto e do acidente vascular cerebral (AVC). Atuando de forma silenciosa, esse fator representa uma bomba-relógio, uma vez que não se manifesta por meio de sintomas.


6. Início de novas atividades físicas

Em todas as idades, consultar um cardiologista antes de iniciar a prática de atividades físicas é relevante. Faça uma avaliação ao começar a correr ou fazer qualquer outro tipo de esporte.


7. Idade acima de 55 anos

A partir dos 55 anos, é necessário fazer ao menos uma avaliação anual com o cardiologista. Com o envelhecimento, o coração sofre alterações e, por isso, é preciso um cuidado maior.


As doenças cardiovasculares, por serem muitas vezes fatais, devem ser sempre um foco de atenção da população e da medicina em geral. Por isso, é fundamental fazer exames preventivos e adotar hábitos de vida mais saudáveis.

2 visualizações0 comentário